Esteve patente, entre os dias 6 e 9 de junho, na Praça da Califórnia, uma exposição dos projetos individuais de três alunas do 12ºF, realizados no âmbito da disciplina de Oficinas das Artes. Mais de 300 visitantes puderam partilhar da visão das autoras sobre um quotidiano de opacidades e transparências, descrito, pelas próprias, desta forma:

No nosso dia-a-dia, é recorrente olharmos para as coisas e não as vermos. Não vemos o mundo, porque não o percecionamos como algo uno, focamo-nos em coisas restritas. Para ver, é necessário que tenhamos consciência das coisas. É daí que parte o conhecimento. No entanto, é também com o conhecimento que enriquecemos a nossa visão, que é influenciada pelas sensações e experiências de cada um. Essa visão é rica e dá oportunidade a que criemos representações novas. A imaginação é, portanto, uma capacidade que nos permite elevar-nos e tornarmos aquilo que vemos como pessoal e único.

Cláudia Leonardo, Flávia Pinto e Sofia Ribeiro, 12ºF